Menu
Menu
Psssst! Enviamos este livro:

MAIS SOBRE ESTE LIVRO

Sinopse

Sinopse

Publicado em 1958, ano da morte da autora, pela Portugália, «Título Qualquer Serve» de Irene Lisboa é uma das suas mais emblemáticas obras no que se refere ao grau de depuração da escrita e à hábil captação da fluidez do instante do fragmento. De estrutura aparentemente semelhante à que obedecem todas as suas outras obras, pautadas por narrativas curtas, «Título Qualquer Serve» tem contudo uma arquitectura circular marcada pela unidade temática e pela presença da mesma voz narrativa, o que completa um círculo perfeito entre o primeiro e o último texto revelando, curiosamente, durante esse percurso uma sucessão de acontecimentos passíveis de alterar a rota que posteriormente é retomada. Dona de uma escrita de estilo cursivo caracterizado por uma caligrafia rápida e muito reveladora da variedade dos movimentos de consciência, Irene Lisboa conta-nos a história (plena de grandes dramas subterrâneos) de uma mulher só, rodeada de elementos e personagens já conhecidos de outros livros da autora, como sejam, respectivamente: o riso interior, a mudança do ritmo lento do pensar para o da atenção à água que ferve, por exemplo, a porteira, o Evaristo e a Mulher, a Celestina, a sardinheira a florir de novo, etc. Mas sob esta ilusória semelhança esconde-se todo um outro recorte e tratamento das temáticas e sujeitos, o que não deixa de indiciar a modernidade estílistica da autora. Tal como afirma Paula Morão, prefaciadora e organizadora das obras de Irene Lisboa: "... o que se conta é uma história sem fim, não importa muito que se lhe encontre um título definitivo ou uma forma narrativa completa, longa, composta e una; por detrás da autodenegação, esconde-se ainda o tempo: nada está acabado, e no entanto tudo morreu lá atrás, num tempo longínquo e tão avassaladoramente próximo, impossível de sepultar."
Detalhes

Detalhes

Colecção Obras de Irene Lisboa
SKU 9789722322751
Peso 254 g
Largura 14 cm
Altura 21 cm
Número de Páginas 204
Data de Publicação 04/06/1998
Número na Coleção 9
Edição 1
Autores
  • Irene Lisboa

    Irene Lisboa nasceu no concelho de Arruda dos Vinhos, no dia 25 de Dezembro de 1892 e faleceu a 25 de Novembro de 1958, em Lisboa. Foi professora primária, especializada em psicologia e pedagogia, e deixou uma obra pedagógica de grande interesse e uma obra literária que é considerada uma das mais originais da literatura portuguesa.

    Da autora, a Editorial Presença tem já publicados, inseridos na coleção «Obras de Irene Lisboa», os seguintes volumes: Poesia I - Um Dia e Outro Dia... Outono Havias de Vir, Solidão, Começa uma Vida, Voltar Atrás para Quê?, Esta Cidade!, O Pouco e o Muito - Crónica Urbana, Crónicas Serra, Apontamentos e Título Qualquer Serve.

OPINIÕES

Leu este Livro?

Ajude os leitores indecisos
com a sua opinião!

Comentar
***

Outros Livros de Irene Lisboa

Recomendados para Si

Quem Viu Este Livro Também Viu

Fechar Fechar

Levo estes!

O seu carrinho está vazio, Encha-o de livros para levar

Ajuda

Indeciso? Confuso? Aborrecido?

Conte-nos tudo!
  • 214 347 000 Dias úteis das 09h30 às 17h30
O seu browser está desatualizado!

Atualize o seu browser para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu browser agora

×