Menu
Menu
Psssst! Enviamos este livro:

MAIS SOBRE ESTE LIVRO

Sinopse

Sinopse

Há depois as análises, as classificações, os agrupamentos, tudo isso em que são sapientes as escolas, o cálculo dos críticos, os grupos de pressão, o manobrismo de alguns poetas afeitos a partidos e instituições que se pagam em autopromoção, o necessário comércio das editoras e, é claro, os jornais. Mas tudo é tão inútil de fixar, tão erradio, sobretudo tão sujeito a um gosto que só vive de estar a morrer. Tudo isto faz com que estes textos, que pretendem encontrar-se com alguns poetas, não passem de uma rima pobre face ao que eles têm para nós ouvirmos. É assim que Joaquim Manuel Magalhães introduz esta sua nova incursão no domínio do ensaio em que mais um vez surge com a sua viva inteligência e as suas posições críticas relativamente à criação literária. Poeta, tradutor e ensaísta, Joaquim Manuel Magalhães procura compreender ao longo desta sua «Rima Pobre», aquilo que é a poesia portuguesa deste século partindo de Fernando Pessoa e chegando aos poetas mais recentemente aparecidos. Um ensaio irreverente e também o mais actualizado balanço crítico da moderna poesia portuguesa.
Detalhes

Detalhes

Subtítulo Poesia Portuguesa de Agora
Colecção Diversos
SKU 9789722324090
Peso 400 g
Largura 14 cm
Altura 21 cm
Número de Páginas 328
Data de Publicação 31/12/1998
Número na Coleção 15
Edição 1
Autores

OPINIÕES

Leu este Livro?

Ajude os leitores indecisos
com a sua opinião!

Comentar
***

Outros Livros de Joaquim Manuel Magalhães

Recomendados para Si

Quem Viu Este Livro Também Viu

Fechar Fechar

Levo estes!

O seu carrinho está vazio, Encha-o de livros para levar

Ajuda

Indeciso? Confuso? Aborrecido?

Conte-nos tudo!
  • 214 347 000 Dias úteis das 09h30 às 17h30
O seu browser está desatualizado!

Atualize o seu browser para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu browser agora

×