Menu
Menu
Psssst! Enviamos este livro:

MAIS SOBRE ESTE LIVRO

Sinopse

Sinopse

O Adolescente (1874-1875) é o menos conhecido dos cinco longos romances produzidos por Dostoiévski entre 1866 e 1880, o seu período de plena maturidade literária. Escrito na primeira pessoa, é a história de um filho ilegítimo. Mais um herói humilhado e ofendido, que cresceu entre estranhos, sem quase ter visto a mãe nos seus primeiros anos de vida, e atormentado por uma existência parental «dupla» - o pai biológico e o marido de sua mãe, que lhe deu o nome – divisão acentuada ainda pela diferença de estrato social entre essas figuras parentais. A história de Arkádi é assim uma espécie de «educação sentimental», extremamente complexa pela multiplicidade de contradições que dividem o jovem. Todos os grandes temas de Dostoiévski estão aqui presentes: a luta entre o Bem e o Mal, a Luz e as Trevas, a degradação moral inerente à condição humana e a possibilidade de redenção... Dostoiévski evidencia nesta obra os sinais terríveis que são o reflexo dessa dicotomia em todos os estratos da sociedade russa nos meados do século XIX.

Nina Guerra e Filipe Guerra foram os vencedores do Prémio Especial Tradutor - Prémios de Edição LER/Booktailors 2012.


Detalhes

Detalhes

Colecção Obras de Fiódor Dostoiévski
SKU 9789722331111
Peso 809 g
Largura 15 cm
Altura 23 cm
Número de Páginas 560
Data de Publicação 13/11/2003
Número na Coleção 9
Edição 1
Autores
  • Fiódor Dostoiévski

    Fiódor Dostoiévski, nascido em Moscovo em 1821, foi um dos grandes precursores da mais moderna forma de romance, exemplificada em Marcel Proust, James Joyce, Virginia Woolf, entre outros.

    Filho de um médico militar, aos 15 anos é enviado para a Escola Militar de Engenharia de S. Petersburgo. Aí, desperta-lhe a vocação literária ao entrar em contacto com escritores russos e com a obra de Byron, Victor Hugo e Shakespeare. A sua estreia na literatura acontece em 1846 com a obra Gente Pobre. Foi condenado à morte em 1849, por implicação numa suspeita conjura revolucionária. A pena foi-lhe comutada para trabalhos forçados na Sibéria, tendo sido amnistiado em 1855. A partir desta data inicia-se o período de atividade literária mais intensa com a publicação de algumas das suas obras mais importantes, entre elas Crime e Castigo (1866), O Jogador (1866), O Idiota (1869), Demónios (1872) e Os Irmãos Karamázov (1879-1880).

    Dostoiévski faleceu em S. Petersburgo em 1881.

OPINIÕES

Leu este Livro?

Ajude os leitores indecisos
com a sua opinião!

Comentar
***

Outros Livros de Fiódor Dostoiévski

Recomendados para Si

Quem Viu Este Livro Também Viu

Fechar Fechar

Levo estes!

O seu carrinho está vazio, Encha-o de livros para levar

Ajuda

Indeciso? Confuso? Aborrecido?

Conte-nos tudo!
  • 214 347 000 Dias úteis das 09h30 às 17h30
O seu browser está desatualizado!

Atualize o seu browser para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu browser agora

×